Envio de emails

As suas campanhas de email marketing foram enviadas a todos os seus assinantes e foram double opt-in, a frequência é a certa, o conteúdo era o que havia prometido. As pessoas gostaram de ler os emails….. De repente, os mesmos começaram a ficar bloqueados! Mas porquê? Porque os assinantes não estão a interagir mais, perderam o interesse.

Enviar email para seus assinantes já não é o suficiente.

Aqui ficam algumas dicas para fazer e não fazer, quanto aos emails. Envie apenas para assinantes reais. Não envie conteúdo inesperado. Se os seus assinantes não estão a receber o conteúdo que eles esperam e/ou com a frequência que esperam, eles eventualmente irão parar, ou então irão direccionar os emails para o spam. Envie apenas para endereços de email válidos.

Para não enviar email para um grupo de mails “quebrados”. Verifique a sua lista e certificar-se de que não há erros ortográficos. Como domínios  lie@ggmail.com, fe@hotmaide.com, ol@Icall.net, estes devem ser removidos automaticamente por um bom serviço de email. Não compre uma lista de email. Embora seja tentador comprar uma lista de email grande e consistente para poder passar a palavra. E porque não? Porque as pessoas nessa lista comprada, irão clicar no botão de Spam mais rápido do que imagina, se não instantaneamente, além do mais, a mesma lista pode nem sequer estar actualizada. Isto sem contar com os problemas de os remetentes poderem vir a reclamar da recepção dos emails sem consentimento dos mesmos.

O que acontece se fizer algo de errado?

Vai acabar numa lista negra. E isso não é agradável. Existe um monte dessas listas a pairar na internet. Algumas importantes, outras não. Evite a todo o custo o envio de conteúdo que irá de algum modo, fazer com que seja colocado numa lista negra. Pois pode vir acabar com os seus emails numa armadilha spam. O que é uma armadilha de spam? É um endereço de email usado como uma armadilha pelo provedor de serviço de internet (ISP). O ISP pode ter um endereço de email antigo, não usado e começar a monitorizá-lo.

Ser um bom remetente. O que fazer?

Use um mail a partir do endereço.  Os seus clientes precisam de responder-lhe. Se os assinantes não poderem responder, logo não podem responder-lhe, certo? Diga aos seus assinantes para fazer alguma coisa! Diga-lhes para… visitar um link,  encaminhar o e-mail ou adicionar-lo à sua lista. Com esta acção os emails vão aumentar suas taxas de sucesso. Antes de começar o envio dos emails num ritmo diferente do que você prometeu a seus assinantes, pense. Não envie conteúdo diferente do que você descreveu, ao assinante. Se lhes informou que era uma newsletter sobre “Animais” não vai enviar emails sobre “Romances”. Personalize tudo o que puder no seu email, de uma maneira simples, não exagerando na personalização. Pense sobre os dados que você possui sobre seus assinantes, especialmente aqueles que têm investindo no seu trabalho. Use os dados dos mesmos para determinar que conteúdo enviar. Ao seleccionar a lista do email que vai enviar, tenha cuidado, muitos erram na escolha da lista sem intenção, portanto, provisione a lista antes de enviar.

Que outras sugestões você tem para que seja um bom email?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *