O que é um Plano de Marketing?

Plano de Marketing não é mais que o primeiro passo para um projeto relacionado ao projeto de marketing de uma marca, produto ou serviço de uma empresa. É um planejamento de ações para guiar as estratégias da marca.

A ideia é que toda empresa que está buscando expansão e crescimento no mercado crie métodos e práticas para alcançar seus objetivos. Hoje em dia, o marketing é uma ferramenta essencial para isso.

Para começar o desenvolvimento do Plano de Marketing é indispensável conhecer bem o seu mercado. É preciso entender que as decisões tomadas vão influenciar todas as etapas da campanha e elas precisam estar de acordo não apenas com a situação atual do mercado, mas também com as tendências e a posição da sua empresa no setor.

As etapas de um Plano de Marketing

Esse guia não é criado com base em suposições, são estudos, análises do público, do mercado.

Portanto, é preciso contratar um profissional experiente na área, que consiga enxergar como inserir nesse guia, a visão, missão, valores e objetivos do seu negócio, pois isso vai representar o seu posicionamento.

O profissional contratado vai fazer o acompanhamento de todo o processo até a execução e resultados, para que erros sejam corrigidos e mudanças sejam feitas.

Além disso, é fundamental que a empresa crie um histórico de todas as ações, pois assim, parâmetros vão ser criados para análise de ações positivas ou negativas, o que pode ser repetido, o que não pode mais ser feito.

As etapas de um Plano de Marketing

  • Planejamento: sim, o primeiro passo é planejar! Definir os objetivos e as metas que devem ser atingidos. Colocar a criatividade para trabalhar, pensar nas possibilidades e estratégias.
  • Análise do Segmento: analisar fatores internos e externos que interferem no setor que a empresa está inserida; conhecer muito bem o produto ou serviço que ela oferece; saber a capacidade do negócio. O estudo pode dividir ambientes em micro e macro. Macroambientes dizem respeito a fatores como: cultura, política, economia, ou seja, não existe um controle por parte da empresa a respeito deles. Já os microambientes são controláveis, atuam no funcionamento dela, como: clientes, fornecedores, concorrentes, público.
  • Conhecer seus clientes: quando você conhece seus clientes, você consegue criar sua buyer persona, em outras palavras, aquela pessoa que tem o perfil para ser atraída pelo seu negócio. Uma persona é um perfil semificcional do seu cliente ideal, é uma representação personificada do seu mercado para que suas ações de marketing sejam mais focadas e sua empresa consiga se comunicar com quem realmente é interessante para o negócio.
  • Conhecer e analisar sua concorrência: sua empresa não está sozinha no mercado, portanto, é essencial conhecer seus concorrentes. É preciso comparar, entender em quais pontos seu produto ou serviço se destaca, em quais pontos, a concorrência está na frente e entender o porquê.
  • Cronograma: sim! Seu Plano de Marketing precisa de datas! Definir o cronograma vai auxiliar no acompanhamento e na execução do plano. Com prazos definidos, a avaliação do que está funcionando ou não fica mais tangível. Mas não se atente só aos números, descreva funções, determine responsáveis por cada ação.

Com o plano definido, é hora de partir para a prática, tirar tudo do campo das ideias e fazer, realizar!

Gostou do post? Continue acompanhando o Criar Marketing e nossas dicas sobre marketing!

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.